Vantagens das Escolas Profissionais
TOP 10 das vantagens
1. Aprender uma Profissão e entrar no mercado de trabalho
Além das disciplinas científicas e socioculturais, os cursos das escolas profissionais tem uma forte componente de disciplinas técnicas de especialização para além dos estágios e práticas em contexto laboral. Quem sai de uma escola profissional sai com uma profissão, está mais bem preparado para o mercado de trabalho.
2. Possibilidade de prosseguir os estudos para o ensino superior
Ao contrário do que se possa por vezes pensar, a frequência de uma escola profissinal não é incompativel com a entrada no ensino superior. Antes pelo contrário. Os alunos das escolas profissionais já estão rotinados com métodos de trabalho que mais tarde encontrarão nas faculdades.
3. Compreender desde cedo as normas e os valores das organizaçőes onde posteriormente irăo a trabalhar
As Escolas Profissionais oferecem aos alunos um conjunto de oportunidades ímpares, preparando-os e consciencializando-os para a importância da actividade laboral, permitindo-lhes adquirir experiências, aplicar conhecimentos, desenvolver relaçőes interpessoais e compreender as normas e os valores das organizaçőes onde posteriormente virăo a trabalhar.
4. Protocolos de Colaboraçăo com diversos Organismos
As Escolas Profissionais năo isolam a sua actividade de educaçăo e de preparaçăo de jovens para o mercado de trabalho do meio humano e social em que cada escola está inserida. Mantęm protocolos de colaboraçăo com diversos organismos, sejam eles do poder local, da sociedade civil, de associaçőes ou empresas.
5. Conhecimento aprofundado da Indústria
As Escolas Profissionais detém um conhecimento aprofundado da indústria portuguesa, na sua área de actividade, mantém contactos privilegiados com agentes económicos do seu mercado envolvente e efectuam promoçăo directa da integraçăo dos jovens junto das entidades que operam em ramos de actividade relacionadas com a saída profissional dos seus cursos.
6. Formaçăo em Contexto de Trabalho (Estágio Profissional)
Nas relaçőes das Escolas Profissionais com o mercado empregador, săo encarados os outros agentes que operam em domínios de actividade relacionados com as saídas profissionais dos cursos ministrados por cada escola profissional como Parceiros no estabelecimento de protocolos de colaboraçăo e intercâmbio: Entidades receptoras e empregadoras, seja na componente de formaçăo em contexto de trabalho (estágio profissional), seja após o término do curso (emprego).
7. Preocupaçăo com o destino dos seus alunos năo termina com a conclusăo do seu curso
Numa escola profissional, a preocupaçăo com o destino dos seus alunos năo termina com a conclusăo do seu curso. Para os alunos que escolheram como objectivo profissional a via de integraçăo no mercado de trabalho, existe um acompanhamento por parte da escola no seu ingresso profissional. Acompanhamento que envolve recolha e análise de um vasto conjunto de informaçăo: tipo de funçăo a desenvolver pelo jovem, tipo de relaçăo contratual, expectativas de permanência, progressăo na carreira, disponibilizaçăo de formaçăo contínua; o que se traduz num importante acompanhamento pedagógico e técnico durante o arranque de uma actividade profissional.
8. Melhor Aproveitamento Escolar
De acordo com alguns estudos estatísticos, os alunos das Escolas Profissionais terem um rendimento escolar superior aos das escolas secundárias (de 63% para 45%).
9. Acompanhamento diferenciado para cada Aluno
As Escolas Profissionais, ao serem tipicamente mais pequenas ou, no caso das grandes, segmentadas em polo pequenos, facilitam um acompanhamento diferenciado de acordo com as necessidades específicas de cada Aluno.
10. Maior Taxa de Inserção Profissional
De acordo com os estudos semelhantes, a inserçăo profissional é também superior em Alunos diplomados por Escolas Profissionais. De acordo com dados de 2013, seis meses após o término dos seus cursos, mais de 70% dos alunos das Escolas Profissionais estavam empregados, contra 29% dos alunos dos cursos gerais.
Acreditações e Financiamentos
Listagem completa disponível em: www.min-edu.pt