O que são Escolas Profissionais
As Escolas Profissionais foram criadas em 1989 como uma nova alternativa para os jovens que terminavam a escolaridade básica (9º ano). Visavam a formaçăo de técnicos intermédios, altamente qualificados de forma coerente com as prioridades e as estratégias de desenvolvimento local e regional. Para além das disciplinas científicas e socioculturais, os cursos das escolas profissionais continuam a ter uma forte componente de disciplinas técnicas de especializaçăo.
Neste momento as Escolas Profissionais tem 3 grandes ofertas:
 
Para jovens com o 9º ano completo que pretendam ingressar no mercado de trabalho e/ou no ensino superior em condiçőes privilegiadas.
Oferece:
// Equivalência ao 12º ano
// Certificado Profissional Nível IV da UE
// Acesso ao Ensino Superior
// Acesso ao Mercado de Trabalho
Requisitos:
// 9º ano completo ou frequência do secundário
// Idade não superior a 19 anos (à data de início do ano escolar)
// Disponibilidade para frequentar o curso em horário laboral
 
Destinado a jovens a partir dos 13 anos com duas retenções no mesmo ciclo ou três retenções em ciclos distintos. Estes cursos conferem o 9º ano.
Oferece:
// Equivalência ao 9º ano
Requisitos:
// Idade igual ou superior a 13 anos
// Duas retenções no mesmo ciclo ou três retenções em ciclos distintos.
 
Para jovens titulares de formaçăo profissional nível III, ou frequência do 12º ano com aproveitamento a todas as disciplinas do 10º e 11º anos, que pretendam melhorar a sua empregabilidade e/ou prosseguir os estudos no ensino superior.
Oferece:
// Certificado de Qualificaçăo Profissional Nível V da UE
// Diploma de Especialização
Requisitos:
// Ser titular de Formaçăo Profissional Nível III ou frequência do 12º ano com aproveitamento a todas as disciplinas do 10º e 11º ano.
 
Em Portugal, tem havido uma preocupaçăo acrescida em dar resposta aos baixos níveis de escolarizaçăo da populaçăo (jovens e adultos). Esta resposta tem-se concretizado quer através da diversificaçăo das vias de educaçăo e formaçăo, quer pelo reforço da oferta de natureza profissionalizante e da exigęncia em garantir melhores taxas de aproveitamento escolar.

As escolas profissionais tem sido as grandes parceiras do Estado e da Comunidade em geral na concretizaçăo deste objectivo.

O ensino profissional em Portugal, como acontece já em alguns países Europeus, é uma das respostas para se atingir com sucesso um tecido económico mais produtivo.
Acreditações e Financiamentos
Listagem completa disponível em: www.min-edu.pt